debate-saude-publica

Vereadores debatem saúde pública durante audiência pública na Câmara Municipal


 
A Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou nesta quarta-feira, dia 4, uma nova audiência pública para acompanhar a prestação de contas e investimentos realizados pela Secretaria Saúde no segundo quadrimestre do ano. A secretária Dra. Raquel Zaicaner apresentou os números de atendimentos realizados no período e respondeu perguntas dos vereadores, jornalistas e moradores que acompanharam a audiência.

Entre os dados mais relevantes apresentados na audiência, destaque para o número de atendimento que estão sendo realizados nos dois prontos-socorros da cidade. O PS da Antena registrou uma média de 19 mil atendimentos por mês. Já a UPA, teve em média 12 mil, totalizando cerca de 30 mil atendimentos mensais no pronto-atendimento.

A vereadora Joice Silva, presidente da Comissão, fez um balanço positivo da audiência pública. “Os números apresentados e questões pontuais foram debatidos com a secretária, os moradores também compareceram em um bom número, acho que foi uma das melhores audiências realizadas nos últimos anos”, afirmou.

O vereador Cido, presidente da Câmara, participou da audiência. Segundo ele: “A saúde na nossa cidade avançou e avançou muito, comparado ao que era e o que está hoje. Temos UBSs que estão para ser inauguradas no Clementino, Marabá e Ponte Alta. O avanço que houve na contratação de médicos foi gigantesca. A senhora [Raquel Zaicaner] pegou uma média de 50 médicos no atendimento básico e hoje temos quase 200. Temos que melhorar, claro, mas já avançamos muito”, lembrou.

O vereador Luis Lune pediu explicações sobre o número de atendimentos que estão sendo realizados para a prevenção do câncer de mama e sobre os valores que estão sendo gastos com a SPDM, que gerencia as unidades de pronto-atendimento na cidade. Lune também questionou o motivo da lista de espera para atendimento da UBS do Jd. Suína ter sido descumprida.

Segundo a secretária, são realizados cerca de 1000 atendimentos de rotina por mês para a prevenção de câncer da mama no Centro de Referência, AME e HGP. A carreta do Governo do Estado, que estava no Shopping Taboão, realizou cerca de 50 exames por dia. “É a segunda vez que a carreta vem pra cá, como o Shopping tem grande circulação o Estado atendeu o nosso pedido”.

Sobre a lista de espera, a secretária disse que o computador da unidade foi roubado e a lista acabou perdida. “Houve um roubo na UBS do Jd. Suína, não tinha back-up e a lista se perdeu. É desconcertante, é muito ruim dizer para o usuário que a lista se perdeu por causa de roubo. Hoje estamos com várias cópias para não acontecer mais isso”.

Eduardo Nóbrega, líder de governo, disse que o sistema de saúde melhorou muito, mas ainda não atingiu o desejado. “Não podemos nos esquecer de como estava a questão da saúde na época da Iacta. Era horroroso, tenebroso. Melhoramos muito, mas ainda temos que perseguir novos avanços, não podemos ficar parados e satisfeito como o que já conseguimos”.

 

 

 

 

social position