Taboãoprev presta contas em audiência pública da Comissão de Finanças da Câmara de Taboão


Durante audiência pública da Comissão de Finanças, realizada na Câmara Municipal de Taboão da Serra na sexta-feira, 18, os dirigentes da autarquia municipal Taboãoprev prestaram contas do trabalho realizado na instituição. O presidente do Taboãoprev, Marcos Rogério Baraldi e o diretor financeiro Daniel César apresentaram informações como o número de pensionistas, despesas, benefícios, segurados e aplicações financeiras entre outros itens.

Daniel César afirmou que é importante que os segurados saibam o que a autarquia está gastando tais como despesas com folha de pagamento, INSS, materiais de limpeza e escritório, serviços de terceiros, água, luz e telefone. O presidente da Comissão, vereador Marco Porta, observou que a audiência tem a finalidade de dar transparência ao trabalho realizado pela equipe da Taboãoprev.

 Segundo Daniel, foram gastos neste ano, 749 mil com os gastos. O saldo positivo entre receitas e despesas foi superior a 35 milhões. O vereador e membro da comissão, Carlinhos do Leme disse ter a certeza de que a Taboãoprev está fazendo tudo o que deve ser feito dentro das normas legais

 Ronaldo Onishi falou sobre os investimentos e solicitou que os representantes da autarquia dissessem quais eram os resultados, em função da crise enfrentada pelo país. Ele pediu esclarecimentos sobre essa questão e parabenizou o desempenho no trabalho realizado pelo Taboãoprev.

 O Professor Said estava presente e contribuiu com as explanações, mencionando o fato da possibilidade de reajustes para os profissionais que atuaram na Prefeitura. Segundo ele, essas pessoas trabalharam com muita dedicação e idealismo em prol da cidade. Said enfatizou que confia na bancada de vereadores que esta na casa e afirmou que nunca recebeu o ajuste. “Espero que alguém da Taboãoprev ou um dos vereadores, possam se manifestar e falar muito sobre os aposentados pela Prefeitura, que não recebem o reajuste”, finalizou. 

 O ex-vereador Antônio Carlos Fenólio também participou da audiência e saudou a autarquia que segundo ele, mostra tranquilidade aos aposentados da cidade. Fenólio indagou o reajuste da aposentadoria e disse que há 19 anos isso não acontece. “Então esse é o apelo que deixo aqui, para que o prefeito e o vereador se debrucem sobre isso. A solução não está na Taboãoprev, está na legislação que a Câmara aprova. A competência esta aqui, o desafio esta aqui”, declarou o professor.

 Presidente da comissão de finanças, o vereador Marco Porta completou dizendo que a ressonância da Câmara Municipal tem um alcance muito grande, desde que seja usada de uma maneira própria para benefício do povo. 

 Estavam presentes na audiência, os vereadores Carlinhos do Leme, Marco Porta, Waines Moreira, José Aparecido Alves, Ronaldo Onishi, Neusa Neves, presidente do conselho fiscal, Ademar Sato, conselheiro fiscal do Taboãoprev, além do presidente da autarquia, Marcos Rogério Baraldi, o diretor financeiro Daniel César e a diretora de previdência, Eliana Bendini.

 

 

 

 

social position