06-07-15-5

Projeto do Dr. Ronaldo Onishi garante recolha de animais domésticos mortos em Taboão da Serra


O projeto de lei 22/2015, de autoria do vereador Dr. Ronaldo Onishi, aprovado na última sessão antes do recesso legislativo, autoriza o recolhimento de animais domésticos mortos em propriedades privadas de Taboão da Serra. Para o vereador, a aprovação do projeto é uma conquista importante para os ativistas e os donos de animais domésticos. Segundo ele os animais domésticos mortos acabam sendo descartados em lixo comum. Além de extremamente traumatizante a prática traz e risco ao ambiente e a saúde. O projeto de recolha dos animais mortos seguirá para sanção do prefeito Fernando Fernandes.

O vereador Ronaldo Onishi defendeu o projeto em tribuna destacando o pesar pela perda do animal de estimação. Ele citou uma pesquisa do Instituto de Geociência da USP, realizada em 2008, na qual consta que 60% dos animais mortos é enterrado pelos donos. Outros 7% são colocados em sacos de lixo na calçada ou em caçambas e 20% são jogados na rua ou levados à prefeitura. Apenas 13% dos animais mortos são entregues a uma clínica veterinária, o que segundo o vereador evidencia o cunho social do projeto. “Hoje os corpos dos animais mortos acabam sendo descartados como lixo comum. É uma situação muito triste. Impossível não se comover ao ver quem trouxe tanta alegria e carinho não ter local apropriado para encaminhamento após a morte”, disse Ronaldo Onishi.

O vereador relatou que a iniciativa para criação do projeto nasceu a partir de conversas com ativistas da causa animal e os integrantes do grupo Focinhos de Taboão da Serra.

“O pessoal do Focinhos faz um trabalho voluntário sério que está sendo essencial para os animais na nossa cidade. A atuação deles junto ao CCZ quase diariamente contribui diretamente para melhoria das condições do espaço e o tratamento digno dos animais que estão recolhidos lá. Também é louvável o trabalho do pessoal dos Focinhos no recolhimento, incentivo a adoção e procura de lares temporários para animais abandonados ou em situação de risco na cidade”, disse o vereador.

Ronaldo Onishi lembra que o projeto de recolha dos animais mortos é pioneiro na região já que trata de um problema angustiante para o dono do animal: um local em que seja dado uma destinação final ao pet.

“Já vi pessoas se desesperarem por não saberem como agir nesta triste situação. O projeto além de recolher os animais mortos vem dar respeito àquele que nos acompanhou por muito tempo, nos proporcionando carinho e amor. Agora vamos atuar para que o prefeito possa sancionar o projeto e implantá-lo o mais rápido possível na cidade”, afirmou o vereador.

social position