Comissão de Defesa do Consumidor debate valor da conta de luz em Taboão

Comissão de Defesa do Consumidor debate valor da conta de luz em Taboão

 

A Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor da Câmara de Taboão da Serra debateu com os moradores do Condomínio Residencial Margaridas, com a participação do Procon municipal, os valores das contas de luz cobradas pela a AES Eletropaulo.  Os moradores do condomínio consideram a cobrança abusiva e vieram pedir que a Comissão solicite que a Eletropaulo corrija o problema que está causando sérios prejuízos.

“Não vamos permitir que as cobranças aconteçam indevidamente  e a Eletropaulo tire os direitos da população. Essa Comissão não aceitará a falta de informações e todas as medidas cabíveis serão tomadas para que as cobranças sejam justas e o direito do consumidor prevaleça sempre. Contem com essa Comissão em sua defesa”, afirmou o presidente da Comissão, José Aparecido Alves, o Cido.

Apesar de terem sido convidados para participar da audiência pública os responsáveis pela AES Eletropaulo em Taboão da Serra não compareceram e nem enviaram justificativas para ausência. A Comissão deverá fazer nova convocação para tratar do tema.

Além das queixas referente a cobrança abusiva das contas de luz, os moradores relataram problemas como mau atendimento por parte dos funcionários, que também estariam se negando a dar informações sobre os cálculos que resultaram nas cobranças das taxas de luz.

A audiência pública foi marcada pela forte participação popular. Munidos com várias contas de luz e sem medo de denunciar “os abusos” os moradores do Residencial Margaridas não pouparam críticas à AES Eletropaulo.

“Vocês não estão sozinhos. Vamos lutar juntos contra essas cobranças abusivas. A minha mãe mora no Maria Rosa, numa casa onde não tem ninguém o dia inteiro e a conta de luz é muito cara. Está claro que há erro de cálculo e a Eletropaulo tem a obrigação de ver isso. Como a Eletropaulo não compareceu, para prestar esclarecimentos quanto ao valor exorbitante cobrado nas contas de luz dos Taboanenses, nós da Comissão, vamos solicitar novamente que a mesma se manifeste”, disse a vice-presidente da Comissão de Defesa do Consumidor vereadora Priscila Sampaio.

A vereadora Rita Saúde também se dispôs a somar esforços com os demais membros da comissão para fazer a AES Eletropaulo rever o preço das contas de luz no local. “Estamos juntos com vocês. Saibam que podem contar com a gente”, resumiu.

 

 

 

social position