marcos-paulo-volta

Câmara Municipal abre envelopes para licitação de prédio

A empresa que apresentou menor preço para a construção foi a Onix Construções S/A, com uma proposta no valor de R$ 3.991.359,53, ou seja, 23% abaixo do valor máximo da obra. A RTA Engenharia e Construções Ltda apresentou a segunda melhor proposta, com R$ 4.673.504,28.

A Comissão Especial de Licitação requereu que a construtora Onix apresente a composição dos preços unitários por item, planilha demonstrativa de encargos sociais a serem pagos, e, também planilha demonstrativa do BDI, para comprovar a possibilidade de cumprimento de execução da obra, uma vez que a proposta de preço apresentada está próxima ao limite considerado inexequível, nos termos do artigo 48, II, da Lei 8.666/93.

O presidente da Câmara Municipal, Eduardo Nóbrega, disse que o requerimento feito para a empresa é uma cautela da mesa da diretora para que seja garantida a construção do prédio, a qualidade e o prazo previsto nas clausulas contratuais. “Assim que a empresa responder nos dando essas garantias, nós iremos assinar o contrato e a obra já pode começar”, disse.

Ao todo, 24 empresas retiraram o edital, 18 fizeram a visitação técnica e sete apresentaram propostas. Atualmente a Câmara Municipal de Taboão da Serra está instalada em um prédio alugado no Jd. Maria Rosa. O custo mensal só com aluguel é de R$ 33 mil, quase meio milhão de reais por ano. A intenção de construir a sede própria do Legislativo é principalmente para economizar o dinheiro gasto com aluguel.

Além da economia com aluguel, o atual prédio não possui condições ideais para atender os moradores, principalmente os deficientes físicos, já que o prédio só possui escadas. O novo prédio será completamente acessível com rampas e adaptações para cadeirantes. A atual sede do Legislativo também não oferece conforto para os moradores e o plenário, com capacidade de 110 lugares, muitas vezes não comporta a participação da população.

Em relação ao custo, a obra será paga sem nenhum empréstimo, o dinheiro destinado para a construção é todo fruto de uma redução dos custos que teve início em janeiro deste ano. “Vamos pagar o prédio sem nenhuma necessidade de dinheiro extra”, afirmou Nóbrega.

 

Nomes das empresas por ordem de classificação e valores.

 

 

 

Onix Construções S/A

R$ 3.991.359,53

RTA Engenharia e Construções Ltda

R$ 4.673.504,28

Construtora Roy Ltda

R$ 4.677.870,97

DB Construções Ltda

R$ 4.698.209,57

Construdaher Construções Ltda

R$ 4.869.728,34

Bec Baquirivu Engenharia e Comercio Ltda

R$ 5.035.488,69

Talude Construções S/A

R$ 5.218.876,95


social position