Vereador Carlinhos do Leme pede que governo estadual suspenda juros e multas de serviços básicos

O vereador Carlinhos do Leme apresentou na última sessão da Câmara Municipal de Taboão da Serra um requerimento ao Governo do Estado solicitando que seja suspensa a cobrança de juros e multas de empresas que fornecem serviços básicos e essenciais durante o período da quarentena devido ao coronavírus.

A proposta do vereador se justifica uma vez que muitas famílias perderam seus empregos ou sua fonte de renda devido a quarentena imposta pelo Estado para o enfrentamento do coronavírus. “Seria justo que o Poder Público suspenda por pelo menos 90 dias a cobrança de juros e multas de empresas como Sabesp, Eletropaulo e de companhias telefônicas, porque a população está passando por dificuldades”, afirmou.

Carlinhos do Leme disse que o Governo do Estado precisa olhar para as famílias que estão sendo impactadas com a crise que está sendo gerada pelo isolamento social. “Sabemos que a quarentena é o correto, o que precisa ser feito. Mas tem o outro lado que são as pessoas que perderam o emprego ou fonte de renda e não vão conseguir honrar suas dívidas”.

O vereador ressaltou que as contas básicas devem subir no próximo mês. “As pessoas são obrigadas a ficar em casa, acabam gastando mais com água, com energia elétrica e também com ligações de celular e dados de internet. Nesse período é preciso haver bom senso e evitar cortes de fornecimento e a cobrança de juros e multas até tudo se normalizar na nossa sociedade”, pediu Carlinhos do Leme.

______________________________________________________________________________

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Taboão da Serra
Abril de 2020
Foto: Leandro Barreira / CMTS
Legenda: Vereador Carlinhos do Leme na sessão de terça-feira, 28/04 apresentou requerimento pedindo suspensão de juros e multas de serviços básicos

social position

Compartilhar