Vereador Carlinhos do Leme cobra explicação da AES Eletropaulo sobre detenções equivocadas de munícipes em 2018

Na 26ª sessão ordinária realizada na terça-feira, 10/09 na Câmara de Taboão da Serra, os vereadores aprovaram por unanimidade o requerimento 092/2018, de autoria do vereador Carlinhos do Leme pedindo informações da AES Eletropaulo para esclarecer porque em 2018 foram detidos alguns moradores da rua José Rodrigues Pascoaline, Gleba C, Ponte Alta, acusados pela concessionária de furto de energia.

O vereador Carlinhos do Leme agradeceu a votação favorável e destacou que a AES Eletropaulo deve explicações aos parlamentares sobre o fato que ocorreu no ano passado. “Eu peço que a Eletropaulo possa esclarecer, porque havia um pedido da Secretaria de Habitação de regularização da situação dos moradores da Rua José Rodrigues Pascoaline, tinham feito uma reunião e algumas pessoas, acho que todos lembram, como a dona Maria da Peixaria foram detidas por furto de energia. Ocorreu um desencontro de informações e quero saber porque acabaram detendo pessoas do bem, trabalhadoras e honestas”, justificou.

Para o parlamentar taboanense, a concessionária errou. “Faltou Comunicação, a AES Eletropaulo cometeu um erro técnico e é preciso dar explicações concretas pois prejudicaram os nossos munícipes”, alertou.  

___________________________________________________________________________

Assessoria de Imprensa Câmara Municipal de Taboão da Serra

Setembro de 2019

Foto: Leandro Barreira

Legenda: O vereador Carlinhos do Leme afirma que a AES Eletropaulo deve explicações sobre prisão de munícipes do Jd. Ponte Alta em 2018 acusados de furto de energia

social position

Compartilhar