Prestação de contas das metas fiscais de 2019 são apresentadas pela Prefeitura de Taboão em Audiência Pública

A Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na última segunda-feira, dia 02/03, uma audiência pública para analisar o demonstrativo de avaliação e cumprimento de metas fiscais por parte da prefeitura, relativo ao 3º quadrimestre de 2019. O secretário Adelço Buhrer Júnior apresentou os balanços de receitas e despesas e respondeu a perguntas dos vereadores e imprensa.

O vereador André Egydio, presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, fez um balanço positivo da audiência. “Taboão da Serra é uma das cidades mais ricas do Estado de São Paulo, precisamos ter essas informações de onde esse dinheiro está sendo investido, por isso essas audiências são muito importantes”, disse.

Taboão da Serra arrecadou no ano passado 732 milhões que foram investidas nas diversas áreas, como saúde, educação, segurança, entre outros. A dívida pública consolidada diminuiu em R$ 24 milhões e o município permanecia, no final de dezembro do ano passado, com R$ 79 milhões em caixa.

De acordo com o secretário Adelço Buhrer, Taboão da Serra conseguiu fechar o ano dentro do estipulado. “Foi um ano bom, tínhamos que manter a condição de Taboão da Serra em ser um dos poucos municípios adimplentes do país, onde apenas 2% das cidades estão. A gente conseguiu cumprir todas as obrigações, foi um ano tranquilo, porque a gente vai gastando dentro do que recebe”, afirmou.

O vereador Ronaldo Onishi, membro da comissão, questionou o secretário sobre as fontes de arrecadação do município e elogiou a austeridade fiscal do governo. “Sempre bom lembrar que em função dessa seriedade em lidar com a coisa pública Taboão da Serra vem conseguindo pagar suas contas em dia, não existe atraso na folha de pagamento e mesmo assim continuamos crescendo com responsabilidade”, lembrou o parlamentar.

Para André Egydio, 2020 será um ano difícil em relação as finanças municipais. “Perdemos algumas empresas, como a Novartis e teremos reflexos na arrecadação do ICMS. A prefeitura tem uma dura lição para fazer neste ano, por isso nossa fiscalização com os gastos públicos precisa ser redobrada”.

______________________________________________________________________________

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Taboão da Serra

Março de 2020

Foto: Leandro Barreira / Divulgação / Imprensa CMTS

Legenda: Presidente e membro da Comissão de Finanças e Orçamento, vereador André Luis Egydio e Ronaldo Onishi, secretário da Fazenda, servidores e munícipe durante audiência

social position

Compartilhar