II Caminhada pela paz e contra violência às mulheres é adiada

A segunda caminhada pela paz e contra violência às mulheres que aconteceria no próximo dia 1º de dezembro foi adiada, segundo informou a vereadora e presidente da Câmara Municipal, Joice Silva. A nova data será marcada em janeiro ou fevereiro.

A caminhada é um evento que busca conscientizar sobre a violência contra as mulheres e atende a uma iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) que postula que as cidades realizem atos pedindo basta à violência.

A primeira caminhada aconteceu em 2017 e mobilizou mais de três mil pessoas que caminharam em nome da paz saindo da Câmara Municipal de Taboão da Serra até a praça Nicola Vivilechio, no centro. O evento suprapartidário conta com a participação de igrejas, padres, pastores, empresários, professores, estudantes, lideranças e representantes da sociedade civil organizada.

Joice Silva lembrou a importância dos eventos e campanhas de conscientização para alertar sobre esse grave problema. “Nenhuma mulher merece ser vítima de violência. Ninguém merece sofrer falta de respeito, assédio ou humilhações porque é mulher. Sempre enfrentei duramente a falta de respeito. Sempre defendi a não violência contra a mulher e vou continuar defendendo”.

A segunda caminhada contra violência às mulheres também tem o apoio e a participação das vereadoras Priscila Sampaio e Rita de Cássia, além dos vereadores Johnantan Noventa, Marcos Paulo, Dr. Ronaldo Onishi, Cido da Yafarma e professor Moreira.

____________________________________________________________________________

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Taboão da Serra
Novembro de 2018
Crédito: Thiago Walter / Divulgação
legenda: Primeira Caminhada aconteceu em 2017 e registrou a participação de milhares de taboanenses

social position

Compartilhar